How-to,  XCP-ng,  XOCE

Criando múltiplas VMs simultaneamente no XCP-ng via XOCE

Uma das muitas funções do XOCE que facilitam a vida do administrador, sem dúvida, é a possibilidade de criação de múltiplas VMs em simultâneo, o que, no final das contas, se traduz em uma grande econimia de tempo além de automatizar tarefas repetitivas.

Ao acessar o XOCE, vá até a guia Home > VMs

No canto superior direito clique no botão + New VM

botão Nova VM no xcp

No campo “Create a new VM on” selecione o servidor XCP-ng que receberá as VMs.

Preencha os campos Template, Name, Description conforme desejar.

Em performance, indique a quantidade de vCPUs, RAM e Topologia para cada VM.

Em Interfaces adicione os NICs de rede que cada VM receberá.

Em Disks Selecione o StorageRepository, Nome, Descrição e tamanho do(s) disco(s) que cada VM receberá.

Até aqui, configuramos itens comuns a toda criação de VM, porém, o “pulo do gato” vem agora.

Clique em Show advanced settings para acessar as configurações avançadas de criação.

Formulário de criação de VM no XOCE - XCP-ng

As primeiras opções, Boot VM after creation e Auto power on são opcionais.

O CPU weight ou peso padrão da CPU refere-se à prioridade sobre as CPUs, geralmente é 256, o que significa que ela será agendada pelo XCP-ng como qualquer outra VM no host onde ela é executada, recebendo então a prioridade padrão.

Se você aumentá-lo, por exemplo para 512, as CPUs nesta VM serão agendadas com o dobro da prioridade que as outras. Se você diminuí-
lo, 64 por exemplo, ela será agendada com 4 vezes menos prioridade.

Valores de peso
Quarto (64)
Metade (128)
Normal (256)
Duplo (512)


E quanto ao CPU Cap? É a quantidade máxima de CPUs que uma VM pode consumir, usando uma base de 100 (1 vCPU: 100). O padrão é 0 e significa sem limite superior.


Devo mexer com essas configurações? Em geral não, recomenda-se seguir o que o seu XCP-ng sugerir, e estes valores padrões podem variar dependendo da capacidade do seu hardware. Altere isso apenas se tiver certeza do que está fazendo. Mais informações AQUI .

Dynamic memory min e max, permite ao XCP-ng alterar o provisionamento de RAM à VM quando necessário, defina estes limites se a sua VM, por algum motivo, não puder receber menos ou mais que uma quantidade determinada de memória. VMs com sistemas críticos podem “crashar” se receberem pouca memória, bancos de dados por exemplo.

Outro momento crítico é o live migration, onde, durante a migração, o hypervisor reduz a RAM provisionada a esta VM para o mínimo configurado, o que, como dito acima, pode levar sua VM ao crash, portanto, dedique um mínimo compatível com os sistemas a serem instalados nestas VMs.

Caso queira que a quantidade de RAM provisionada seja sempre a mesma, configure então o campo Static Memory max.

Chegamos então ao centro do assunto deste post, o provisionamento múltiplo, habilite o botão Multiple VM.

O campo Name pattern chama uma variável de ambiente com o nome dado a esta VM nos primeiro campo deste formulário, portanto, não é necessário alterá-lo.

First index, aqui você configura o sufixo que será acrescentado ao nome da VM para diferenciá-las.

No próximo campo indique a quantidade de VMs que será criadas e clique na seta -> para atualizar o provisionamento.

Affinity host, selecione o host no qual a VM será provisionada por padrão.

Selecione a vGPU a ser usada, se for o caso.

Selecione a configuração de boot das VMS.

Em Summary você acompanha um resumo da operação.

Clique em Create para executar o provisionamento.

Configuraoes avançadas de criação de VM no XOCE - XCP-ng

Se tudo correu bem, as VMs serão provisionadas seguinto todas as configurações acima.

Nota: Observe os limites de seu hardware para executar esta tarefa, garanta que haja espaço e memória suficiente para todas as VMs, caso contrário o processo poderá falhar.

Múltiplas VMs criadas via no XCP-ng via XOCE

Nosso Telegram: https://t.me/xcpng

Compartilhe este conhecimento:

Graduado em TI pela FATEC, Pós Graduado em Segurança da Informação pela UNISUL, CISCO CCNA4, Gerente de TI, Atuo na área Governamental desde 2009

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *