How-to,  XCP-ng

Instalando um XCP-ng dentro de outro XCP-ng? – Instalação aninhada

Você não leu errado, é possível fazer a instalação de um XCP-ng dentro de outro XCP-ng, mas qual a finalidade disso?

Não é incomun nos depararmos com a seguinte situação: Um ambiente por vezes pequeno, limitado, com pouca disponibilidade de hardware para novas instalações bare metal, ou mesmo um ambiente de aprendizado ou de lab (teste), e é nesse sentido em que uma instalação aninhada se encaixa perfeitamente.

Apesar de, à primeira vista, parece uma proposição descabida, está longe disso, inclusive é incentivada pelos próprios mantenedores do projeto.

Se você usa outro hypervisor como VMware ESXI & Workstation, Hyper-V 2016, QEMU/KVM ou até mesmo o VirtualBox e deseja testar o XCP-ng também é possivel utilizando-se esta solução, para estes hypervisors o link de referência no final do post ensina o passo a passo.

É uma solução perfeita também caso queira, por exemplo, testar se a instalação de um determinado pacote ou software provido por repositórios do CentOS ou de terceiros causarão algum crash no hypervisor.

A construção de um ambiente tipo learn para uma demonstração, palestra, ensino, aula, etc, também se torna incrivelmente fácil adotando-se este tipo de solução.

Frequentemente uso este tipo de solução para testar funcionalidades, teste de construção de pools, atualizações, upgrades de versão, validação, etc.

Outra aplicação interessante é para teste de betas de novas versões do próprio XCP-ng.

Nota: Vale ressaltar que não é uma solução que deva ser aplicada a um ambiente de produção.

Isso posto, vamos à pratica

O primeiro passo é criar uma VM com template para CentOS7 em seu hypervisro XCP-ng com as seguintes características, lembre-se de, ao final da criação, desmarcar a opção para “startar” a VM automaticamente após a criação.

  • 2 vCPU
  • 4GB de RAM (recomendado) ou
  • 2GB de RAM (mínimo) em caso de testes apenas de instalação de pacotes ou demonstrações.
  • Disco virtual de 100GB

Com a VM criada e ainda não iniciada, acessemos o terminal do nosso XCP-ng e vamos identificar a vm criada

xe vm-list

Identifique a VM pelo seu nome (label) e copie o UUID desta vm. Feito isso vamos habilitar o aninhamento de virtualização com o seguinte comando substituindo <UUID> pela informação copiada acima.

xe vm-param-set uuid=<UUID> platform:exp-nested-hvm=true

Vamos alterar também o typo do NIC de rede para o padrão Intel e1000 para evitar incompatibilidades com os padrões da Realtek, novamente substituindo <UUID> pelo UUID da VM criada.

xe vm-param-set uuid=<UUID> platform:nic_type="e1000"

Feito isso, podemos prosseguir com a instalação da VM XCP-ng normalmente como qualquer outra VM, dando boot pela ISO de instalação.

Nosso telegram: https://t.me/xcpng

Referência: https://github.com/xcp-ng/xcp/wiki/Testing-XCP-ng-in-Virtual-Machine-%28Nested-Virtualization%29#nested-xcp-ng-using-xcp-ng

Compartilhe este conhecimento:

Graduado em TI pela FATEC, Pós Graduado em Segurança da Informação pela UNISUL, CISCO CCNA4, Gerente de TI, Atuo na área Governamental desde 2009

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *